COMPARTILHAR

O evento começa nesta sexta-feira, 17, e vai até domingo, 26, no Parque Ecológico de Luziânia, e vai oferecer aulas-show e oficinas de culinária, além de contar com uma vila gastronômica, com a participação de empresários do segmento, entre eles: Tortas da Flávia, Acarajé Bahia, Jantinha da Carla, Tapioca da Deusa, Hot Dog da Lú, Cachorro-quente Hoskida, Espettus Campeão, Sucos Naturais, Sabor e Salgado e Fiorenza Crepes. O evento também recebe, oriundos da capital federal, a Jantinha do Mimi e a Viva Paleteria. O Luziânia Sustentável tem apoio da Prefeitura Municipal, da Flora, da Saneago e da Bonare.

Cozinha show e oficina de capacitação

Capitaneada pela empresa Bonare, a cozinha show vai oferecer seis aulas abertas aos participantes do festival, sem a necessidade de inscrição. Os workshops com os chefs convidados e a oficina para a capacitação de cozinheiras de escolas enfatizam a proposta do evento de promover alimentação saudável e sustentável nas instituições de ensino.

A chef Regina Tchelly fará uma oficina para cozinheiras de escolas. Foto: Divulgação

Destaque para a oficina no sábado, 25, com a chef Regina Tchelly, do Projeto Favela Orgânica, do Rio de Janeiro, que vai demonstrar como é possível cozinhar utilizando 100% dos alimentos. “Está mais que na hora de encontrarmos soluções reais para os graves problemas da alimentação no Brasil e dos cuidados com a mãe natureza”, divulga Tchelly.

A chef Raquel Amaral também frisa que o evento é uma plataforma única para inspirar e educar. “Eu estou ansiosa para contribuir para um futuro mais consciente e responsável por meio da comida”, enfatiza a ex-participante do Masterchef Profissionais.

Raquel Amaral: “Eu estou ansiosa para contribuir para um futuro mais consciente por meio da comida”. Foto: Divulgação

Já o empresário e chef Gil Guimarães, da Casa Baco, destaca a importância do local escolhido. “É muito bacana que o primeiro festival seja aqui, na região central do Brasil, do Cerrado, em uma cidade histórica de Goiás, que influencia toda a nossa gastronomia. Estou muito feliz de estar próximo dos pequenos produtores e de uma cidade tão importante para a cultura de Goiás”, finaliza.

Confira a programação completa:

Dia 17 de novembro

19h – Chef Breno Oliveira – IFB

Aula: Aquarela do Cerrado

Dia 18 de novembro

19h – Chef Gil Guimarães – Casa Baco

Aula: O Cerrado no prato

Dia 19 de novembro

18h – Chef Raquel Amaral – Masterchef profissionais

Aula: Ovos no purgatório

Dia 24 de novembro

19h – Chef Regina Tchelly – Projeto Favela Orgânica / RJ

Aula: Cozinhando com Amor e sem Desperdício

Dia 25 de novembro

19h – Chef Eliane Regis – Brasília

Participação: Jean Marconi – Slow Food Cerrado

Aula: Sabores do Cerrado e da Caatinga

Dia 26 de novembro

19h – Chef Bárbara Frazão – Finalista Masterchef profissionais

Aula: Cozinha prática e criativa com uso de ingredientes de maneira sustentável

Oficina

Dia 25 de novembro

8h30 – Chef Regina Tchelly – Projeto Favela Orgânica / RJ

“A Importância da Alimentação Saudável e Sustentável nas Escolas”

Público-alvo: cozinheiras de escolas